16 abril 2008

PRIMEIROS DESENGANOS

por Alejandro Dolina


Anos atrás um poeta chamado Manuel Mandeb enviou para a Secretaria de Cultura de seu país um projeto de livro didático para usar na primeira série. O nome desse livro prometia um universo onde a criança tivesse contato com os principais problemas metafísicos da humanidade: “Primeiros Desenganos”. Muitos educadores têm falado que “Primeiros Desenganos” carecia de propósitos pedagógicos. Isso é falso. Em muitas de suas páginas se promove a admiração de certas condutas. Acontece que tais condutas são precisamente aquelas que são repudiadas pelos livros infantis convencionais. Elogia-se matar aula, despreza-se a aplicação, duvida-se da higiene e se celebram as desordens. Tem contos, poesias, notas e canções, entre as que surpreendem, o sambinha “Se cobra e me traz o troco”. Vamos transcrever alguns textos.

Nenhum comentário: